Nofap: Benefícios e como fazer (Guia prático)

Nofap Benefícios de fazer

Ultimamente o termo Nofap tem cada vez mais chamado à atenção na internet. Seja no Instagram, Youtube ou no Google, provavelmente você já se deparou com essa palavra.

Frequentemente recebo dúvidas nas minhas redes sociais sobre como fazer o Nofap. Por isso decidi escrever esse artigo deixando a minha visão profissional.

Em primeiro lugar, por ser Bacharel em psicologia e compreender os efeitos psicológicos da masturbação na vida do homem.

Em segundo lugar por trabalhar 11 anos com desenvolvimento masculino e relacionamentos. E através da prática compreendi quais são os impactos da pornografia na evolução do homem e na manutenção de um relacionamento.

Sendo assim, leia esse guia até o final e saberá tudo que precisa para a prática do Nofap e/ou compreender se é mesmo necessário parar de se masturbar.

O que é Nofap?

Antes de tudo, você precisa entender do que se trata, não é mesmo?

Nofap é uma comunidade de apoio para aqueles que desejam diminuir ou abandonar completamente a masturbação e sobretudo o uso de pornografia.

A referência do nome é devido a “Fap … Fap… Fap”, o barulho do movimento da mão durante a prática da masturbação.

O movimento foi fundado por Pittsburgh Alexander Rhodes depois de ter elaborado um post no Reddit que acabou fazendo bastante sucesso. Atualmente é conhecido no mundo todo com milhões de adeptos, sites e perfis nas redes sociais que focam exclusivamente no tema.

Masturbação é fisicamente e mentalmente saudável?

Masturbação saúde mental

Nesse artigo o objetivo não é subjugar se é certo ou errado o movimento Nofap, visto que profissionais se dividem em opiniões.

Portanto, aqui estarei descrevendo os impactos da masturbação e da pornografia no desenvolvimento físico e mental de um homem.

E antes de tudo, é bom deixar claro que há muita diferença entre prática da masturbação e uso de pornografia.

Para elaboração do artigo, além da minha formação em psicologia e experiência trabalhando com desenvolvimento masculino e relacionamentos.

Também busquei diversos artigos nacionais e internacionais sobre o tema.

Pare de tentar conquistar sendo um cara bonzinho...

Vire o jogo da conquista a seu favor. Descubra 21 Dicas bem maliciosas [E que elas não querem que os homens saibam] para tirar qualquer mulher da defensiva…

Dicas Para Conquistar Uma Mulher

Efeitos físicos e mentais da masturbação

Não existe qualquer estudo científico que relaciona qualquer malefício físico ou mental da masturbação na vida do homem. Alguns poucos estudos que defendem que essa prática pode gerar malefícios são fracos na comprovação científica.

Logo, não há qualquer malefício ao seu corpo e mente por praticar a masturbação.

Inclusive o dono da marca Nofap processou um neurocientista por afirmar que se masturbar faz bem para a saúde.

Espero que ele também não decida me processar!

» Artigo complementar: O Poder da Mente Para Atrair Mulheres e Sucesso!

Masturbação: Prazer acessível a todos

Se masturbar é uma forma fácil e prática de se auto satisfazer. Sobretudo com a facilidade de acessar conteúdos pornográficos bastando alguns cliques no seu computador.

Em outras palavras, prazer garantido sem precisar sair do quarto.

Você não tem que evoluir, comprar uma roupa atraente e desenvolver as suas habilidades de comunicação para conhecer uma mulher e convencê-la a fazer sexo.

Não precisa gastar dinheiro, sem risco de contrair uma DST e as chances de se frustrar com um fora constrangedor são nulas. Nesse sentido, a escolha lógica é seguir pelo caminho mais fácil e seguro. Não é mesmo?

Para ficar bem claro, confira os benefícios da masturbação:

✅ Prazer fácil e rápido

✅ Orgasmo a hora que desejar

✅ Sem limites para suas fantasias

✅ Não precisa gastar dinheiro

✅ Sem chances de levar um fora

✅ Sem riscos de contrair uma DST

Eu elenquei todos os benefícios para que você compreenda que a função desse artigo não é simplesmente atacar a prática da masturbação. Além disso, compreendendo tantos benefícios você consegue saber porque é tão difícil parar de se masturbar.

Neurociência e a masturbação

Sem dúvida a masturbação é algo prático, qualquer um que já tenha se masturbado pelo menos uma vez na vida sabe disso. E além de ser um jeito de conseguir satisfação rápida, a masturbação é extremamente prazerosa.

Isso acontece devido a liberação de um poderoso neurotransmissor chamado dopamina. Essa substância ativa no cérebro uma sensação de prazer e bem estar.

A dopamina está relacionada ao sistema de recompensa, ou seja, quando você executa determinadas tarefas ou ingere algumas substância, o seu cérebro aumenta a disponibilidade de dopamina e você sente mais prazer.

Só para se ter uma ideia, esse é o neurotransmissor que está envolvido no vício de drogas.

A dopamina é liberada durante:

  • Atividades físicas
  • Sexo
  • Ingestão de chocolate
  • Meditação
  • Ingestão de drogas

Por ser um neurotransmissor envolvido na obtenção de uma poderosa sensação de prazer. A dopamina é diretamente responsável pelo desenvolvimento de vícios.

Sendo assim, aqui é um bom argumento para que um homem decida seguir os ensinamentos do Nofap e parar de descarregar excesso de dopamina no cérebro.

» Leia também: Como Treinar a Sua Mente Para Ter Sucesso Com as Mulheres!

Dopamina, socialização e a masturbação

Conseguir muito prazer com mínimo esforço é um dos pontos mais positivos da masturbação, mas ao mesmo tempo é exatamente aí que mora o perigo de manter esse hábito. Por dois motivos importantes:

Motivo 1: Falta de socialização

Em primeiro lugar, ao obter prazer fácil e rápido, além de todos os benefícios elencados anteriormente. Você adquire o hábito de não evoluir para se ligar a outro ser humano, considerando que somos seres sociais, a falta de sociabilidade pode trazer diversos malefícios para o desenvolvimento mental de um homem.

De maneira resumida, você precisa sair para conhecer pessoas, interagir com mulheres e se ligar emocionalmente à elas em algum nível.

Por uma questão psicossocial, a socialização contribui para:

✅ Aumento da autoestima

✅ Construção de uma autoimagem positiva

✅ Sensação de pertencimento

✅ Motivação para interagir

✅ Foco em evoluir

Sendo assim, a prática da autossatisfação através da masturbação impede que você possa obter os diversos benefícios de se socializar.

Motivo 2: Descarga de dopamina

Como explicado anteriormente, a dopamina é o neurotransmissor associado ao sistema de recompensa do cérebro. Recapitulando, sempre que ingerimos ou fazemos algo que dispare o gatilho da dopamina, sentimos uma poderosa sensação de satisfação.

E quanto mais vezes acionamos o botão da dopamina, mais nosso cérebro deseja receber mais desse neurotransmissor. Além disso, quanto mais potente é o estimulante da dopamina, mais nosso cérebro deseja ter aquele estímulo para te recompensar, ou seja, liberar a dopamina.

Por exemplo, a cocaína é um poderoso gatilho de liberação de dopamina. Quanto mais o usuário usa a droga, mais o cérebro deseja receber esse estímulo para liberar determinada quantidade de dopamina.

Nesse sentido, o usuário precisará de doses cada vez maiores de cocaína para ter a mesma quantidade de prazer.

» Artigo complementar: Descubra os 5 Neurotransmissores da Felicidade!

Vício da masturbação

Por isso a masturbação pode ser perigosa. Diferente de sexo com uma mulher que você precisa interagir e que na maioria das vezes não conseguirá isso a todo momento.

A masturbação te dá acesso ao prazer a qualquer instante. O estímulo está bem ali, acessível, bastando que você ligue o computador.

Com isso, há uma tendência de que uma pessoa se masturbe consideravelmente mais vezes do que faz sexo. Por exemplo, 3 vezes ao dia você se masturba, enquanto faz sexo apenas 2 vezes por semana.

Então, devido a uma frequência maior de disparo de dopamina, o seu cérebro se acostuma a desejar esse neurotransmissor 3 vezes ao dia. O que é bem mais difícil de conseguir se comparado ao sexo normal.

Logo, você viciou o seu cérebro em ter este estímulo frequentemente.

Potência do prazer

Além disso, a masturbação ativa a dopamina bem mais rápido, pois basta alguns cliques no seu computador. Diferente do sexo que você precisa levar a mulher para jantar, preliminares, etc…

Em suma, a masturbação é um atalho para o prazer.

E outro fator perigoso, você pode colocar todas as suas fantasias mais ocultas em prática através dos pensamentos. Sexo grupal, anal, com trans, dupla penetração… Não há limites aqui, diferente de uma mulher que na maioria das vezes vai impor regras.

Logo, o seu cérebro entende que através da masturbação ele poderá obter prazer mais rápido, descomplicado e com uma potência muito maior.

Perda da eficiência de dopamina

Dopamina pornografia

Outro ponto importante é que, o vício em masturbação e pornografia pode ocasionar um desequilíbrio no sistema dopaminérgico. Nesse sentido, o seu cérebro fica moldado para se obter satisfação apenas mediante aos fortes estímulos da masturbação.

Como consequência passa a não ativar o sistema de satisfação através de atividades simples como exercício físico ou meditação.

Logo, você passa a sentir satisfação apenas no ato da masturbação, ou seja, alguns segundos até finalizar o seu orgasmo.

O resultado disso é maior propensão de desenvolver ansiedade e depressão.

Neurociência e pornografia

Tudo que foi explicado anteriormente se multiplica quando se masturba através da pornografia. Isso devido ao fato das imagens do pornô geralmente serem exageradas se comparado ao sexo com a maioria das mulheres.

Além disso, você acaba abrindo várias abas no computador, e obtendo poderosos estímulos de diversas formas.

Assim como explicado no exemplo da dopamina, seu cérebro rapidamente quer estímulos mais fortes e com mais frequência para liberar a mesma quantidade de recompensa.

Então, você fica viciado em pornografia, inclusive perde a graça em fazer sexo com mulheres, uma vez que o estímulo é fraco em comparação à masturbação.

É como um viciado em cocaína que jamais vai se satisfazer com um simples cigarrinho.

Pornografia e testosterona

Para quem ainda não sabe, testosterona é o hormônio masculino relacionado com a força, concentração e libido. Existem também estudos científicos que relacionam a diminuição da testosterona com o vício da masturbação.

Na minha concepção, analisando esses estudos considerei todos inconclusivos.

Nenhuma das pesquisas nacionais e internacionais que analisei comprovaram cientificamente que a prática regular da masturbação está diretamente relacionada à diminuição dos níveis da testosterona.

Sendo assim, o problema é mais de ordem comportamental e por desequilíbrio de neurotransmissores.

O importante é que, a prática do Nofap sem dúvida traz muitos benefícios para a qualidade de vida do homem.

Benefícios Nofap Infográfico

Malefícios da masturbação

Diante de tudo que foi elencado, pode-se dizer que os malefício do vício em masturbação e pornografia superam os benefícios. Logo, não vale a pena deixar de se ligar emocionalmente a uma mulher para ter prazer a curto prazo.

Sobretudo, considerando os pontos negativos abaixo a respeito do vício em masturbação.

❌ Desequilíbrio da dopamina

❌ Diminuição da autoestima

❌ Desmotivação

❌ Depressão

❌ Ansiedade

❌ Autoimagem negativa

Portanto, mediante tudo que foi esclarecido nesse artigo, vício em masturbação e pornografia é um problema que precisa ser levado a sério.

» Artigo importante: Como se Livrar do Vício da Masturbação!

Como praticar o Nofap

Nofap

Considero um movimento importante no que se refere à ajudar homens a lidar com o vício da masturbação e pornografia.

No entanto, aprovo com ressalvas, uma vez que a masturbação ocasional não é maléfica, sobretudo em situações que o homem não consegue uma mulher para o sexo.

Abandonar completamente a masturbação pode  ser muito difícil, quase impossível para um homem solteiro com dificuldades de conquistar mulheres.

E nesse período de escassez, se masturbar é saudável, por isso sou contra a condenação total da prática.

O problema não está na masturbação, mas no vício, sobretudo com a inclusão da pornografia. Em alguns casos, o homem deixa de procurar mulheres por estar acomodado em ficar em casa se masturbando.

Inclusive, até mesmo homens que estão em um relacionamento, trocam a própria mulher pelo vício, o que pode desencadear uma grave crise na relação.

Pratique o Nofap em 6 passos

Por isso, se você identificou que está viciado em masturbação e quer aderir a prática do Nofap, procure seguir as dicas abaixo:

1- Anote os aspectos negativos da masturbação para sempre se lembrar deles.

2- Identifique os pensamentos sabotadores que te convence a desistir do Nofap.

3- Se afaste dos gatilhos que fazem você querer se masturbar (cancele sites pornográficos, acione filtro familiar no seu computador).

4- Se não conseguir parar de repente, pelo menos diminua gradativamente a prática.

5- Procure se relacionar com mulheres.

6- E principalmente, busque ajuda profissional caso não consiga lidar sozinho como vício.

Não tenha vergonha de reconhecer que tem um problema e precisa de auxílio, pense no quanto a médio e longo prazo será beneficiado ao se livrar desse problema.

Conclusão

Em conclusão, através desse artigo não resta nenhuma dúvida de que o vício em masturbação e pornografia é maléfico para o desenvolvimento pessoal e social de um homem.

Aprovo com ressalva a comunidade Nofap, considero um importante movimento por ser uma forma de ajuda para homens que não conseguem se livrar desse péssimo vício. De qualquer forma, a ajuda de um profissional é indispensável para aqueles que não conseguem se livrar sozinhos do vicio.

BIBLIOGRAFIA

Masturbation side effects: Myths and facts (medicalnewstoday.com)

Is Masturbation Good For You? Science Weighs In (sciencealert.com)

How to Identify and Treat a Pornography Addiction (healthline.com)

 

Pare de tentar conquistar mulheres bancando o cara bonzinho...

Vire o jogo da conquista a seu favor. Descubra 21 Dicas bem maliciosas [E que elas não querem que os homens saibam] para tirar qualquer mulher da defensiva…

Manual da Conversa

nv-author-image

Adriano Moura

Formado em Psicologia e especialista em desenvolvimento masculino e habilidades sociais com 11 anos de atuação.

1 comentário em “Nofap: Benefícios e como fazer (Guia prático)”

  1. Muito bom artigo, bom eu sou um ex-viciado em pornografia e masturbação foram 30 anos de vício, eu sempre fui um fracasso total com as mulheres, era chamado feio ninguém queria nada comigo, então resolvi me afastar das meninas na época, foi aí que eu caí no vício em masturbação e pornografia e nele fiquei por todo esse tempo, na época eu tinha um sério problema de concentração, tinha uma dificuldade desgraçada pra aprender as coisas, não parava em emprego nenhum, não consegui aprender nada que queria, era com se alguma coisa me bloqueasse no cérebro e não deixava ele funcionar da maneira certa.
    Foi quando eu descobri o tal do nofap e resolvi aderir a prática, a melhora foi colossal passei no enem fiz faculdade, passei em concurso público nas primeiras colocações, o meu desempenho no trabalho explodiu parece que nem sou mais eu, aprendo tudo com facilidade não esqueço de nada, me tornei mais calmo e centrado, mas não concordo com alguns dos benefícios que tu citou, por exemplo essa se tornar mais atraente e ser mais notado pelas mulheres, é pura balela isso pra mim não mudou nada, questão de desejo sexual também nada, aliás ando com muito baixo libído acredito que seja da idade, afinal estou com 48 anos, mas enfim tive muitos benefícios que valeram a pena apesar da dificuldade e dos sintomas de abstinencia igual a um vício qualquer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.