Morar junto com pouco tempo de namoro: vale a pena?

Morar Juntos

Será que vale a pena morar junto com pouco tempo de namoro? Essa é uma pergunta recorrente que recebo aqui no Homem Alpha.

O cenário é o seguinte: O casal acabou de se conhecer, completamente apaixonados e com juras de amor decidem dar um passo a frente. Resolvem juntar tudo e morar junto, vivendo como casados.

Isso é correto? Existe um tempo certo de namoro para dar esse importante passo na relação? E quanto a questões judiciais?

Todas essas perguntas serão respondidas nesse artigo. Assim você terá mais embasamento antes de tomar essa importante decisão.

É errado morar junto com pouco tempo de namoro?

Quando se fala de relacionamento não existe um modelo pronto que funciona com todos os casais, ou seja, o que pode ser certo para uns pode dar errado para outros.

Nesse sentido, tem casais que namoram por anos e quando decidem juntar as escovas de dente tudo começa a dar errado. Afinal, a vivência na mesma casa é bem diferente de quando estão separados fisicamente.

Portanto, certo ou errado dependerá de vários fatores:

  • Vivência do casal
  • Estilo de vida parecidos
  • Condição financeira
  • Maturidade
  • Profundidade do relacionamento

Por exemplo: Um casal que ainda não tem maturidade de organizar questões financeiras de uma casa, que briga toda vez que se encontra e que estão agindo simplesmente por estarem completamente apaixonados e não conseguir ficar longe um do outro…

Acha mesmo que vai dar certo morar juntos?

As chances de NÃO dar certo são consideráveis, pois falta no casal do exemplo acima maturidade e profundidade na relação.

» Artigo complementar: 10 Dicas Indispensáveis Para o Seu Namoro!

Existe um tempo certo para morarem juntos

De forma alguma podemos classificar a necessidade de morar junto se baseando em tempo de relacionamento. Na verdade, um casal que namora a 3 meses pode se entender melhor e estar mais preparado do que pessoas que estão juntos por anos.

Nesse sentido, cada relação tem o seu próprio tempo. É verdade que é preciso esperar um tempo mínimo para que se conheçam melhor. Por exemplo, se namoram a poucos meses não sabem absolutamente nada um do outro e por isso as chances de dar errado são consideráveis.

Já um casal que namora a pelo menos 1 ano, no mínimo sabe se a relação é saudável ou não. Além de conhecer algumas peculiaridades do parceiro, sabendo lidar melhor no convívio diário.

E quanto à questões judiciais?

É preciso analisar muito bem essa questão, pois na lei atual não é preciso mais casar em um cartório para ter direito aos bens do cônjuge.

Na verdade, basta a comprovação de união estável para que um parceiro possa ter direito sobre os bens do outro, mesmo que não estejam morando juntos. É claro que essa é uma questão complexa que deve ser analisada em cada caso por um advogado.

No entanto, fica aqui um alerta para que você não acabe se complicando diante de uma pessoa que queira usar dos seus sentimentos para tirar vantagens.

» Leitura indispensável: 11 Dicas Rápidas Para Ser Um Bom Namorado!

Como saber se está na hora de morar juntos

Por se tratar de uma decisão importante, quanto mais pontos você analisar, menores as chances de arrependimento. Por isso, siga as dicas abaixo:

Pare de tentar conquistar sendo um cara bonzinho...

Vire o jogo da conquista a seu favor. Descubra 21 Dicas bem maliciosas [E que elas não querem que os homens saibam] para tirar qualquer mulher da defensiva…

Dicas Para Conquistar Uma Mulher

Converse com a sua namorada

Busque o diálogo para compreender se isso é o que ela realmente deseja. E em hipótese alguma force a barra para que a sua parceira aceite morar junto com você.

Essa é uma decisão conjunta que ambos precisam estar muito seguros do que querem. É muito comum um dos lados fazer a proposta com tanta empolgação que naturalmente o outro se sente pressionado a aceitar, principalmente se estiver apaixonado.

Nesse sentido, não chegue e faça um pedido para morar juntos pegando a sua namorada de surpresa. Aborde o tema e veja o que ela pensa a respeito, depois de algumas conversas gradativamente vocês vão amadurecendo a ideia.

Analise a viabilidade financeira

É incrível, mas tem casal que esquece de algo básico quando decide morar junto. Não analisam os custos com:

  • Aluguel
  • Condomínio
  • Água e luz
  • Telefone
  • Alimentação

Se você ou ela já mora sozinho isso não será tanto problema, o que torna a decisão bem mais fácil. No entanto, se vão sair da casa dos pais é indispensável colocar cada gasto adicional no orçamento.

» Leia também: Como Ser Seguro e Confiante no Relacionamento!

Vocês estão bem juntos?

Quando se mora junto qualquer problema do relacionamento fica mais evidente. Nesse sentido, se estão passando por uma crise ou brigando muito, as coisas podem piorar ainda mais se decidirem viver debaixo do mesmo teto.

Sendo assim, antes de tomar uma decisão tão importante, a relação precisa estar saudável. É claro que brigas são comuns, mas para morarem juntos é fundamental que estejam conseguindo resolver os problemas sem brigas exageradas.

Conclusão

É preciso compreender que qualquer decisão importante deve ser tomada deixando de lado a emoção, por isso conversem bastante para que o entusiasmo da paixão não acabe levando a agir sem pensar em todos os aspectos.

Nesse sentido, morar juntos com pouco tempo de namoro não é um problema, desde que a avaliação do casal seja bem assertiva.

Pare de tentar conquistar mulheres bancando o cara bonzinho...

Vire o jogo da conquista a seu favor. Descubra 21 Dicas bem maliciosas [E que elas não querem que os homens saibam] para tirar qualquer mulher da defensiva…

Manual da Conversa

nv-author-image

Adriano Moura

Formado em Psicologia e especialista em desenvolvimento masculino e habilidades sociais com 11 anos de atuação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.